Em meio à grave crise hídrica o mercado demanda por projetos com mais banheiros

BanheirosFoi-se o tempo que apartamento de classe média com uma suíte além do banheiro social era o desejo de quem compra um imóvel. Unidades lançadas recentemente chegam a igualar o número de quartos ao número de banheiros.

De acordo com José Eduardo Baêta, gerente de marketing da STR Engenharia, ao constatar estas preferências, a incorporadora focou nas opções diversificadas de planta. No Giverny, lançado pela STR Engenharia na Freguesia, nas unidades de quatro quartos os compradores podem escolher entre os quatro banheiros previstos na planta quais serão suítes. Há plantas que ficam com até três banheiros privativos.

“No modelo dos banheiros privativos, o banheiro social fica praticamente reservado ao uso das visitas. É interessante porque nele os moradores não precisam deixar seus pertences pessoais e também não há confusão entre as crianças, que ficam com o banheiro dentro do quarto de cada uma. Elas valorizam muito ter este espaço para elas”, explica.

O engenheiro acrescenta que os banheiros são cômodos que possuem muita importância tanto para os moradores quanto para as visitas.  “Quanto mais banheiros um imóvel possuir, mais confortável será morar nele. Isso porque muito da intimidade dos habitantes das casas e dos apartamentos está dentro desse espaço dedicado à higiene e à limpeza das pessoas”, afirma.

Outro ponto observado pela construtora é a preocupação dos compradores com as louças e revestimentos que serão aplicados. “A decoração dos banheiros também indica bastante da personalidade de quem mora ali. Por isso, quanto mais aconchegantes e confortáveis forem, mais relaxante será o tempo despendido ali”.

Serviço:

webSite: STR Engenharia