Espaço gourmet é uma tendência do mercado imobiliário para receber e reunir
Gourmet

Espaço Gourmet com Linha Rorário Decor, aplicada em patcwork, toque de personalidade mesmo com tons leves e neutros

O mercado de imóveis há tempos deixou de trabalhar apenas em função da necessidade ou desejo de um simples lugar para morar, e, assim como o mercado de moda, passou a levar em consideração as tendências e as particularidades dos clientes na hora dos negócios. O  brasileiro é conhecido mundialmente por ser receptivo, amigável e acolhedor, e isso vem se refletindo na hora de comprar ou alugar sua casa ou apartamento. Prova disso é a alta demanda – e sucesso – que os empreendimentos imobiliários estão tendo por conta de um novo ambiente: o Espaço Gourmet.

O Espaço Gourmet surgiu como área de convívio em condomínios e edifícios residenciais, as pessoas gostaram tanto da ideia de um ambiente que combina cozinha, sala de jantar e sala de estar, que logo quiseram tê-lo dentro de suas residências, onde é possível ter maior privacidade ao receber. E pagar um pouco a mais por isso não parece ser um problema.

No final de 2012, uma pesquisa realizada pelo Boston Consulting Group com mais de 24 mil pessoas, em 21 países, entre eles o Brasil, mostrou que 51% dos entrevistados brasileiros tinham a intenção de ficar mais em casa, utilizando seu lar contra o estresse. Para isso, essas pessoas se dispõem a aumentar significativamente os gastos na hora de comprar, reformar ou construir, além de investir também em artigos de arquitetura e decoração. O intuito é que a casa seja um lugar bem decorado e equipado, mais aconchegante e receptivo, onde se possa reunir amigos e família, visando o bem-estar e uma melhor qualidade de vida. Exatamente a expectativa  que o Espaço Gourmet procura atender.

Mas não basta, apenas, que ele exista. É preciso que o projeto de arquitetura e decoração contribua para que o clima siga as mesmas intenções do ambiente, de receber, reunir e compartilhar. A Santa, Fábrica de Ladrilhos, que nasceu da idealização de uma marca artística e personalizada, traz mais de dez linhas com peças que buscam atender os mais diversos projetos na hora de revestir. Utilizando os ladrilhos para criar ambientes únicos que imprimam a personalidade do anfitrião, sem deixar de lado as principais tendências dos ramos de arquitetura e decoração.

Gourmet

Espaço Gourmet com Linha Capela Decor, seguindo a tendência de aplicação: tapete de ladrilhos para demarcar áreas e ambientes, unindo beleza e funcionalidade. / Espaço Gourmet com Linha Catedral, aplicação da peça Cecília no piso, construindo um grande tapete de ladrilhos, e da peça Isabel na parede, dando personalidade aconchegante ao ambiente.

Linha Rosário Decor – utiliza tons leves e neutros, possibilitando a integração de diversos materiais, o que proporciona um ambiente equilibrado. A combinação de formas geométricas a desenhos tradicionais, alia modernidade ao imaginário histórico das antigas igrejas coloniais.

Linha Capela Decor – traz tons marcantes, ritmo e movimento na reinvenção das antigas azulejarias européias, acrescentando energia moderna e inovadora ao requinte da antiga Europa.

Linha Catedral – é inspirada nos tradicionais ladrilhos hidráulicos, presentes nas catedrais, capelas e palácios europeus, que ganharam as graças artísticas no séc. XIX, através de desenhos exclusivos criados por arquitetos, pintores e artesões. Esta linha tons leves e também marcantes, uma referência as Santas que dão nomes as peças.

Com toque inovador, as linhas trazem a modernidade das peças de porcellanato impressas uma a uma com tecnologia full HD (Alta Definição), para garantir perfeito acabamento. Todas as linhas desenvolvidas pela Santa, Fábrica de Ladrilhos, têm 25x25cm, lisas ou decoradas (patchwork) em porcellanato mate (fosco), acetinado (com leves pontos de brilho) e granilhado (versão para áreas externas como calçadas, comércios, garagens e varandas).

Sobre Santa – A Santa, Fábrica de Ladrilhos, faz parte do Grupo Villagres – presente no setor cerâmico desde 1930. A expansão no uso de materiais e processos avançou dos anos 60 aos 90. A aposta para o século XXI veio com a evolução do Grupo em tecnologia de impressão Full HD, com melhor acabamento e qualidade no design da peça. Atualmente a Villagres exporta para os Estados Unidos, Austrália, México e países do Mercosul e América Central.

Serviço:
Santa Ladrilhos – santaladrilhos.com.br