Principais pontos de consideração para modernizar o banheiro com uma reforma completa

szk

• O primeiro passo é analisar como está seu banheiro atual. Se for muito antigo, provavelmente há azulejos coloridos e revestimentos desenhados que, com certeza, estão “gritando” por uma renovação estética e/ou manutenções. Hoje, há inúmeras variedades de revestimentos, louças, metais e estilos que podem conferir ao banheiro um SPA próprio.

• Os banheiros entregues hoje pelas construtoras são, na maioria, todos brancos, sem personalidade nenhuma. Se você quer gastar pouco e manter os revestimentos existentes, vale a pena investir em tampos de mármore/quartzo ou usar nichos de pedra em uma das paredes do box, ao invés daquelas prateleiras de vidro (pode ser embaixo da janela, caso tenha, ou na parede oposta do chuveiro). O uso de bancadas em porcelanato também está em alta.

• Para os que preferem ambientes mais clean, o ideal é evitar excesso de informações e apetrechos. Utilize cores neutras, tons pastéis e porcelanatos que remetem a mármores tipo Calacata, Carrara ou Pighês. Escolha um ponto/uma parede para dar destaque, e componha o restante com elementos neutros, para balancear. Exemplo: área do box com porcelanatos marmorizados/em relevo/com pastilhas, piso nos mesmos tons do porcelanato e bancada de mármore ou quartzo claros.

• Para quem gosta de banheiros mais “vivos”, não há limites. Infinitas combinações podem ser feitas. Aos que preferem um estilo mais sofisticado, o uso de metais dourados com pastilhas/revestimentos brancos, preto, marmorizado ou cores sólidas dará o tom de sofisticação do ambiente. Vale a pena abusar das cores, mas procure evitar as escuras em ambientes pequenos. Eles irão criar a sensação de que o banheiro é menor do que ele realmente é.

• Em relação às escolhas de revestimentos, é muito importante tomar cuidado com os pisos polidos. Apesar de bonitos, eles possuem uma superfície extremamente lisa, deixando-os muito escorregadios e perigosos. Os porcelanatos vêm com alguns índices de coeficiente de derrapagem e qual o uso indicado. Prefira estes tipos de porcelanato para as paredes. Caso você queira mesmo usar no piso, evite a área do box, e coloque tapetes antiderrapantes para evitar acidentes.

• Uma tendência que observamos é o uso de dois chuveiros na área do box, principalmente em banheiros de casal. Uma dica boa é apostar em dois tipos diferentes de ducha, como um chuveiro comum e um outro tipo cascata.

• Executar pintura fora da área molhada é um ótimo jeito de deixar o banheiro mais clean e não precisar gastar tanto com revestimentos. Para evitar a umidade, utilize tintas acrílicas.

• Em qualquer reforma, não se esqueça da impermeabilização de toda a área molhada. Este é o item mais importante, pois mantém a estrutura intacta, além de evitar vazamentos no vizinho. Igualmente importante é sempre conferir o caimento do piso para o ralo. Se a área não estiver com um bom caimento, a água ficará empoçada.

• Há boas soluções para a questão do ralo, que garantem o caimento, sem comprometer a estética. Para isso, os porcelanatos grandes precisam ser “diamantados” (divididos em 4). Com as dicas abaixo, você evitará tantos recortes:
-Ralo linear oculto – é uma canaleta que recebe toda a água do box e evita que o piso seja todo recortado. Ele pode ter acabamento metálico ou, nos modelos ocultos, o próprio revestimento do piso servirá como acabamento;
-Deck de madeira – além de garantir um visual mais descolado, o deck de madeira permite que a água escorra por debaixo dele e caia diretamente no ralo. Assim, o visual é de um chão mais homogêneo.

• Já as cubas, esculpidas na própria pedra, podem ser em mármore ou porcelanato, tendo a possibilidade de serem projetadas sob medida. Assim, você pode incluir nichos, porta-toalhas, bancadas com gaveteiros, entre outros.

• Vale lembrar que não é só a parte estética que conta. As manutenções da infraestrutura devem ser realizadas periodicamente por um especialista. Há alguns pontos que indicam a necessidade de uma avaliação, como umidade excessiva nas paredes e armários; vazamento da válvula hidra; metais muito oxidados, entre outros.

• Por último, como todas as áreas da casa, é importante ter um projeto elaborado e acompanhado por um profissional competente, pois evitará muitas dores de cabeça e retrabalhos no futuro.

Por Daniel Szego da SZK Arquitetura

Serviço:
SZK Arquitetura
(11) 999-141-673
http://www.danielszegoarq.com.br


<<<Voltar