Dicionário Gastronômico: Vinho com suas receitas, da jornalista Jezebel Salem e do chef de cozinha Christian Formon- O livro é dedicado aos amantes do vinho e da gastronomia, no qual o leitor é convidado a passear neste universo de surpreendentes descobertas. A autora, que fez parte do alvorecer da comunicação voltada à cultura do paladar, realizou uma extensa pesquisa sobre a história do vinho e reuniu textos com verbetes de A a Z.

Jezebel explica que apesar da expressiva quantidade de publicações sobre o assunto no mercado editorial brasileiro, sempre haverá espaço para um novo livro sobre vinhos – especialmente quando a proposta é diferenciada, como no caso do Dicionário Gastronômico: Vinhos: com suas receitas. “O livro, além de sua notável qualidade e quantidade de imagens ilustrativas, parte de um enfoque sintetizado, funcional, sobre o complexo universo do vinho, abordando seus principais tópicos através de verbetes – palavras-chave para se conhecer o essencial (e também o extraordinário) sobre a bebida das uvas, procurando oferecer conhecimentos nos níveis culturais e técnicos. Afinal, boa parte da alma do vinho é pura arte”, analisa.

Para os iniciantes, ou para aqueles que já se sentem plenamente à vontade diante da vastidão de escolhas sobre qual vinho beber, o livro pode servir ao deleite e também de roteiro para acompanhar e entender a importância e a evolução dessa bebida que, como está escrito, “é dos deuses!”.

O leitor da obra, segundo Jezebel, pode esperar um estilo claro, preciso, harmonizando os muitos pontos da história, cultura e geografia dos vinhos, em uma organização editorial de fácil compreensão – graças ao formato dicionário. “O leitor, também poderá se deleitar com toda a beleza que acompanha os rituais desta bebida – do plantio ao serviço do vinho – e ainda evocar aquilo que o ápice da sabedoria humana disse sobre ele, em suas qualidades mais filosóficas e poéticas”, aponta a autora.

Além disso, o livro traz um acervo exclusivo de receitas requintadas – porém de fácil preparo – e exclusivas, idealizadas não só para combinar com os diversos tipos de vinho, mas principalmente receitas que são feitas utilizando a bebida – desde entradas, pratos principais e sobremesas: todas com certificado e inspiração “francesa”, pois são criações do renomado chef de cuisine, Christian Formon.

O dicionário também apresenta 20 deliciosas receitas de drinks, pratos salgados e sobremesas feitas com vinho e que foram elaboradas pelo chef Christian Formon, sendo todas ilustradas com belíssimas fotografias que auxiliam no preparo e na montagem das receitas. Uma publicação desenvolvida para os apreciadores dessa bebida milenar e indispensável para todos que buscam o prazer à mesa.

E como vinho é a bebida para casar com comida por excelência, foi convidado um mestre na cozinha francesa, de seu país de origem, para se incumbir da outra ‘cara-metade’ do tema: o chef de cuisine Christian Formon, hoje, entrosado no ‘brazilian way of life’, e dono de um dos mais conceituados buffets de São Paulo, é quem assina um elegante elenco de receitas culinárias, pratos nos quais o vinho é também o ingrediente fundamental, e outras, ideais para se degustar com eles, os vinhos.

Em suas páginas, o emocionante mundo do vinho, além de ser explorado e fotografado em seus melhores ângulos, é abordado, desde seus rituais contemporâneos, passando pela evolução histórica, importância cultural e econômica, num verdadeiro ‘culto ao vinho’, cultura que vem motivando e atraindo um público cada dia mais apaixonado.

Jezebel Salem- Jornalista por profissão atuou em áreas diversificadas, como cultura e economia, mas cedo se especializando no hoje chamado jornalismo gastronômico. Foi repórter e redatora em vários canais da imprensa, como os jornais O Estado de São Paulo, Gazeta Mercantil, Shopping News, Jornal da Tarde, entre outros, inscrevendo-se entre os pioneiros dessa especialidade que tanto espaço e entusiastas conseguiria conquistar. Participou das primeiras edições da revista Gula e assinou artigos em várias publicações do gênero. Jezebel fez parte do grupo de pioneiros dessa comunicação voltada à cultura do paladar: tempos em que a histórica revista “Gourmet”(1986-1990), estava dando seus primeiros passos, enquanto revelava personalidades que até hoje são porta-vozes do assunto e que muito contribuíram para que a gastronomia no Brasil ganhasse a dimensão que hoje assistimos – e desfrutamos!| EditoraGaiaLivrariaMundoGourmet